26 de ago de 2008

Eis-me aqui!

Envolvida em lágridas, triste com clientes que não cumprem contratos, lembrando do passado, com as unhas do pé por fazer, buscando a realização das promessas de Deus pra mim, preocupada com a minha aula de sexta-feira, sem net em casa, faço da letra do Asaph Borba, hoje, a minha oração:


Quanta coisa tenho feito para o meu próprio prazer
Tenho andado a procura do meu próprio bem viver
Enquanto existe tanta gente ansiosa por aí
Não te conhecendo assim como eu conheço a Ti

O chamado que um dia tu fizeste a mim
E ao qual sem hesitar eu disse sim!
Ressoou em meus ouvidos como da primeira vez
E a ti, Jesus eu novamente digo sim!

Eis-me aqui eu livre estou ao teu dispor
Para onde tu quiseres me enviar
Me coloco submisso, a ti Senhor
Para o teu querer em mim realizar ­

25 de ago de 2008

Cadê a WEB 2.0?

Estou sem net em casa!
O maior stress ...
Prestadores de serviço de telefonia toscos e ruins!



Ai! Jesus tá voltando!

19 de ago de 2008

Rafinha


Tenho seis sobrinhos. Isabela, Gabriela, Felipe, Mariana, Rafaela e Pedro.

A Rafa (disparado) é a mais figura.
Domingo ela dormiu em casa.

Pérolas da Rafa:
A Nathiara no culto de domingo perguntou pra ela porque as outras duas irmãs dela não vieram pra Atibaia também.
Ela respondeu: “A tia Thais não ia agüentar, né?”

Depois, foi a vez da Polyana questioná-la porque a barriga do cachorrinho de pelúcia dela estava aberta. “Pede pra tia Thais costurar”, disse a Poly. Ela respondeu: “Ela num sabe, é melhor a mamãe”.

A minha sogra no domingo ouviu o seguinte dela: “Vó eu gosto mais do tio Mauro do que da tia Thais. Sabe por quê? Porque sou igual o Simão (meu cachorro), ele só obedece o tio Mauro”.

O Mauro estava trabalhando na mesa do escritório dele e ela estava agitando. Tinha R$ 1,25 em moedas na mesa. Ela perguntou: “Tio Mauro, de que é isso?”. O Mauro respondeu que era dele. “O tio trabalhou e ganhou esse dinheirinho”, disse. Ela, franzindo a testa, respondeu: “Que mixaria, né tio?”

No domingo, enquanto esperávamos no carro pra ir embora pra casa depois do culto ela me disse: “Tia Thais, o tio Mauro é lento, né?”

11 de ago de 2008

Ai ai ai ...


Depois de dias incríveis, estou um pouco anestesiada.
Ontem, nem sabia direito como agradecer a Deus por tudo.
E olha que tudo é muita coisa!

Então, só me resta repetir:

Que diremos, pois, a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós?
Romanos 8:31

> Vi essa foto no sábado e amei! Nathiara + Eu + Camila

8 de ago de 2008

Amores monossilábicos


Atire a 1a pedra quem nunca reclamou de pais, companheiros, pastores, autoridades, chefes e até irmãos que amam e reconhecem sua importância no silêncio.

Não tem coisa pior para quem gosta de falar e ouvir. Tipo eu.

Ontem, recebi uma palavra de Deus e adotei pro meu dia-a-dia: minha família é linda e abençoada por Ele. Daí, hoje cedo, mandei um recado lindo pro meu irmão pelo Orkut. Dizendo que o amava, ele era importante pra mim e que coisas boas de Deus iriam acontecer.

Ele respondeu: eh nóis!

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Ri, sem parar, uns 5 minutos.

Fala que também me ama! Abre a boca e libera as palavras!

É tão simples!



Na verdade, não é que ele não fala, é que eu falo diferente dele.

Não sou a autora ... droga!

Pq eu não pensei nisso antes?

Às vezes, fico brava comigo mesma porque vejo idéias, criações e pensamentos incríveis e digo: pq não sou a autora disso!

Pq não pensei nisso antes?

Tive essa sensação quando vi um vídeo no Youtube sobre redes/mídias sociais.
Um vídeo inteligentíssimo e com uma sacada perspicaz explica por meio da analogia de uma fábrica de sorvetes e "fazedores individuais" de sorvetes a relação com mídia social.

Confira: http://youtube.com/watch?v=k3VMfbIM-Xo

7 de ago de 2008



Hoje é aniversário da Vivi.
Minha amiga. A melhor!

Te amo querida! Feliz aniversário!


5 de ago de 2008

Xiuuuuuuuuuu!!!!!!!!


Não que eu ache normal, natural e fatal.
Massssssssssssssssssss,
Não consigo entender como homens e mulheres adultos, maduros e (pelo menos aparentemente) bem resolvidos conseguem se meter na maior roubada que qualquer um pode cometer quando um relacionamento acaba: falar demais!

Essa semana, aconselhei uma amiga que terminou um relacionamento a ficar quieta, em silêncio. Por mais que esteja doendo, seja difícil ..... fica quieta! Não expõe, não humilha, nem tenta justificar nada com as suas palavras. Só piora a situação.

Apesar de se recusar a falar publicamente sobre o fim de seu casamento, Paul McCartney manda alguns recados para Heather Mills em uma de suas novas músicas. "My Soul" fará parte do proximo álbum do ex-Beatle, "London Undersound".

A letra fala de uma mulher com segredos que se transformou numa pessoa amargurada. "Eu quero saber todos os seus segredos / Como eles puderam roubar seus sentimentos? / Como eles puderam mentir para o mundo? / Uma imagem diferente do seu sorriso / Um coração substituído / Sentimentos mal colocados / Invadem nosso espaço"

Ah, fala sério!

Pra quê Paul! Pro mundo saber que ela não presta ou que você ficou magoado ou ainda que ela tirou rios de dinheiro da sua fortuna? Pra quê?

Assim, é muito fácil ...

1 de ago de 2008

Que saudade!
















Tudo bem que ele falava da vida dele, da história do estilo musical que gostava e um pouco da história do Brasil, a canção do Thaíde e Dj Hum, ontem e hoje, fez todo sentido.

Estou com muita saudade dos meus amigos. Muita!

Que tempo bom que não volta nunca mais!










Em quem você vota?

Eu sempre gostei de ler, me atualizar e saber de tudo pelo menos um pouquinho.
Com a política não foi diferente.
Sempre soube, depois de passar muitos meses das eleições, em quem votei. Acompanhava, participava.
Em 2004 e 2005, fui diversas vezes à Brasília à trabalho. Embora a cidade seja muito feia e esquisita (!), eu amava a oportunidade acompanhar a alta velocidade da informação e das decisões tão de perto.
Sempre foi assim.

Paralelamente, me tornei (com o passar do tempo, da insistência de Deus e da minha vontade, claro!) uma formadora de opinião.
Prestam atenção para o que falo. Me escutam.
Conseqüência do pensamento: posso apresentar com total liberdade meus questionamentos filosóficos, minhas idéias mirabolantes e meu posicionamento político?

A minha geração, e eu inclusive, vive (ou viveu?) um processo de acomodação política. Uma verdadeira aversão a tudo que diz respeito a isso.
Muito dessa cauterização foi gerada pela desilusão, perda e sofrimento que as atitudes tomadas sem o temor de Deus geraram no nosso dia-a-dia.
Quantos de nós não viram nossos pais correndo para comprar leite em pó e estocar em casa por conta da oscilação diária da inflação?
Quem não se lamentou por ver pais ou tios se programando para aposentar em tal mês e, do nada, instala-se uma lei que diz que aposentadoria não é mais por tempo de trabalho, mas sim, por idade?
Ainda, quem não lembra de quantos trabalhadores foram saqueados pelo governo pelo tão temido e desgostoso plano Collor?

O Brasil vive hoje um passado recente. Tudo que aconteceu no País é muito recente. Fazemos parte de uma história atual.
Há 30 anos, 30% da população brasileira morava nos centros urbanos. Hoje, 27% reside na zona rural.
Tudo muda muito rápido.
É o crescimento, a evolução tecnológica, o desenvolvimento da nação?
Não, creio que tudo caminha mais rápido porque Jesus está voltando.

Diante disso, pensei ontem de noite: eu quero e posso fazer diferente.
1) Vou orar. Pedir a Deus para que seja instalado o temor do Senhor. Se temêssemos a Deus como deveríamos, pecaríamos menos. Acho que vale até um jejum para que exista mais temor de Deus em todas as profissões e esferas da sociedade. Mais temor nas Igrejas, nos clubes, nos departamentos de compras das empresas, nas empresas de comunicação, nos escritores, nas contabilidades, nos soldadores, nos motoristas de ônibus.
2) Vou ler mais. Preciiiiiiiiso! Já liguei pro Estadão para voltar a assinar o jornal, afinal, sem conhecimento e atualização dos fatos, sou mais uma desinformada que só sabe murmurar.
3) Voto no Daniel para vereador de Atibaia. Tem um momento em que todos nós precisamos agir. Clamar ao Senhor e agir.
Pra mim, votar numa pessoa que teme a Deus, que possui visão de Reino, é jovem e comprometido com a Palavra de Deus é agir e reagir na minha realidade.

Em quem eu voto?
Voto para que eu seja formadora de opiniões que edifiquem o Reino de Deus.
Não quero falar besteiras e acharem graça.

Quero falar das coisas de Deus, participar da história do Brasil e votar no Daniel.



Ah, já que falei nisso: DANIEL MARTINI - 12300